in

Psol aciona PGR após Bolsonaro chamar o Senador Randolfe Rodrigues de ‘saltitante’

Parlamentares do PSOL apresentaram à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro após ele se referir ao senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) como “saltitante”. A ação considerou que a declaração, feita durante a live da última quinta-feira (27), teve cunho LGBTfóbico.

A notícia-crime foi protocolada pelo deputado distrital Fábio Felix e da vereadora trans Erika Hilton, de São Paulo.

Na ocasião da live, Bolsonaro comentava o pedido de Randolfe, vice-presidente da CPI da Covid, para convocar o presidente para depor à comissão.

– Agora, tem uma saltitante na comissão que queria me convocar. É brincadeira, né? Ô, saltitante, está de brincadeira. Não tem o que fazer não, saltitante? – reagiu o presidente.

Para os psolistas, “o uso de palavras no feminino e termos pejorativamente associados a pessoas homossexuais evidenciam a tentativa de menosprezo em relação ao responsável pela convocação, associando-o a condições que, no entendimento do Presidente e parte de seu eleitorado, são dignas de demérito e zombaria”.

Morre professor que pediu ‘fuzilamento’ de bolsonaristas

China detecta 1º caso mundial de gripe aviária H10N3 em humanos