in

Otto Alencar e chamado de covarde na CPI da Covid

Na manhã desta quarta-feira (9), os senadores Otto Alencar e Marcos Rogério discutiram feio durante a CPI da Covid-19. A briga interrompeu a sessão e obrigou parlamentares a interferirem no conflito.

O embate começou quando Rogério, apoiador do governo Bolsonaro, questionou o requerimento apresentado por Otto Alencar para a convocação da diretora do Programa Nacional de Imunização (PNI), Francieli Fortunado, que deverá prestar depoimento sobre a vacinação de gestantes.

Otto, que se destacou recentemente por opor-se de modo agressivo à Dra. Nise Yamaguchi durante sessão da CPI, afirmou que o colega de plenário estava votando “contra a investigação da morte de parturientes”, ao que Rogério retrucou pedindo ao senador: “Não seja covarde”.

– Covarde é vossa excelência. Covarde é quem está no governo. Quem tem coragem está contra o governo – declarou Otto Alencar, já durante bate-boca.

Durante a discussão, Otto chegou a levantar da cadeira e apontar o dedo para Rogério, que permaneceu sentado. Alguns dos outros senadores também se levantaram para tentar conter o membro da oposição.

Otto Alencar se da mal e é denunciado por médicos como ‘falso ortopedista’

Que vergonha! STF concede habeas corpus ao governador do AM para não prestar depoimento na CPI da COVID