in

ISSO SE CHAMA MEDO! Governador do AM, Wilson Lima pede ao STF para não depor ou ficar em silêncio na CPI da Covid

Nesta terça-feira (8), o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entrou com um pedido de habeas corpus preventivo junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que ele não compareça ou fique em silêncio durante depoimento à CPI da Covid. 

A oitiva de Lima está prevista para esta quinta-feira (10). Caso compareça, ele será o 1º gestor estadual a responder os questionamentos dos parlamentares.

Inicialmente, Lima seria ouvido no dia 29. No entanto, o depoimento foi antecipado após uma operação da PF no Amazonas contra a alta cúpula do governo por desvios de recursos da Saúde.

No documento, o advogado de Lima, Antônio Nabor Areias Bulhões, argumenta que a convocação do governador é inconstitucional, pois feriria a “regra de não intervenção federal nos estados”.

Confusão na CPI da Covid: Otto Alencar chama Queiroga de Mentiroso e o clima esquenta

Delegado abre inquérito contra editor do Intercept