in

HyperCharge! Xiaomi apresenta carregador que promete 100% de bateria em 8 minutos

A Xiaomi apresentou neste domingo (30) o HyperCharge, carregador de 200 Watts que promete repor a bateria de 0 a 100% em apenas oito minutos na tomada. A fabricante também mostrou uma versão wireless de 120 Watts.

A demonstração feita com o Mi 11 Pro registrou a recarga de metade da bateria em três minutos e a carga completa poucos minutos depois. De acordo com a empresa, a nova tecnologia estabelece um novo recorde mundial de velocidade de carregamento com e sem fio.

Vale destacar que o tempo de oito minutos para a reposição completa foram obtidos levando em consideração uma bateria com capacidade de 4.000 mAh. Ao usar a opção sem fio, no entanto, o tempo para recarregar totalmente é de 15 minutos.

Nova linha de carregadores da Xiaomi tem modelo que promete recarga completa em oito minutos — Foto: Reprodução/Android Authority
Nova linha de carregadores da Xiaomi tem modelo que promete recarga completa em oito minutos — Foto: Reprodução/Android Authority

Hoje já é possível encontrar números mais altos nas potências dos carregadores, embora nenhum tivesse alcançado os 200 Watts até então. Entre os dispositivos conhecidos pelo carregamento rápido, está um dos lançamentos da própria Xiaomi, o Mi Charger de 120 W. A tecnologia já está disponível no mercado e pode ser encontrada em aparelhos como Mi 10 Ultra e Redmi K30 Ultra.

Apesar de representar um avanço em termos de rapidez na recarga, essa agilidade pode interferir na durabilidade da bateria. Isso se deve ao fato de que os 200 Watts do HyperCharge geram bastante calor, o que pode degradar a bateria mais rapidamente.

Na contramão dos carregadores usados atualmente, surgem aparelhos alternativos que buscam solucionar o problema da geração e dissipação de calor. São os carregadores GaN, conhecidos como “carregadores do futuro”, que substituem o silício dos modelos atuais pelo nitreto de gálio.

Ainda não há previsão de data para a chegada dos carregadores da linha HyperCharge ao mercado. Entretanto, assim como foi com o Mi Charge 120W, espera-se que a tecnologia desembarque em breve, com os próximos smartphones da Xiaomi.

Samsung supera Apple e lidera ranking de satisfação do cliente

Exército anuncia que não vai punir Pazuello por ida à motociata