in

Desastre na gestão de São Paulo faz estado ter recorde de mortes por coronavírus

O estado de São Paulo atingiu um novo recorde de mortes por Covid-19 nesta terça-feira (6), de acordo com dados publicados pelo governo João Doria. Foram 1.389 óbitos notificados em 24 horas, totalizando 78.554 vidas perdidas desde o início da pandemia no estado. Até então, o maior índice havia sido no último dia 30 de março, com 1.209 mortes.

Esta é a sétima vez que o estado registra mais de mil mortes diárias em decorrência da doença desde o começo da crise. Foram 1.021 mortes no dia 23 de março; 1.193, em 26 de março; 1.051, em 27 de março; 1.160, em 31 de março; e 1.082, em 1º de abril.

Desde o dia 15, o estado se mantém na fase emergencial, a mais restritiva prevista no Plano de SP. A etapa veta eventos religiosos, atividades esportivas, e funcionamento presencial de serviços considerados não essenciais. A previsão é que a restrição permaneça até o dia 11 de abril.

  • Renova Midia

Joaquim Barbosa quer ser candidato à Presidência em 2022 para “tirar” Bolsonaro do Poder e pode apoiar Lula em sua candidatura

Vídeo: Advogado esquece tela compartilhada, xinga juíza “Filha da p…”