in

Caso Odebrecht: Fachin arquiva inquérito que investigava Rodrigo e César Maia

Fachin arquiva inquérito que investigava Rodrigo Maia e o pai do deputado, César Maia.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, determinou o arquivamento do inquérito que investigava o deputado federal Rodrigo Maia e o pai dele, o vereador do Rio de Janeiro, César Maia.

O inquérito apurava se os políticos do DEM receberam vantagens indevidas da empreiteira Odebrecht entre 2014 e 2018.

Ambos negam as acusações desde que as investigações começaram.

Ao arquivar o inquérito, Fachin atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

A subprocuradora-geral, Lindôra Araújo, argumentou:

“A apuração não reuniu até o momento suporte probatório mínimo (justa causa em sentido estrito) que ampare o oferecimento de denúncia. Assim, não havendo lastro probatório mínimo para o oferecimento de denúncia com perspectiva de êxito, justifica-se o arquivamento deste inquérito.”

A posição da PGR divergiu da apresentada pela Polícia Federal.

A PF concluiu que havia indícios contra Rodrigo e César Maia dos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro por supostos repasses da Odebrecht.

  • Renova Midia

Deu ruim pro LULA! PGR pede para STF manter bens do ex-presidente bloqueados

Joaquim Barbosa quer ser candidato à Presidência em 2022 para “tirar” Bolsonaro do Poder e pode apoiar Lula em sua candidatura