in

Bolsonaro faz homenagem a policial morto no Jacarezinho

O presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter neste domingo (9) para se solidarizar com o policial civil André Leonaldo, morto em operação que culminou em 27 bandidos mortos na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro. Além disso, o presidente disse que a mídia e a esquerda igualam criminosos a “cidadão comum” e os tratam como “vítimas“.

A operação Exceptis foi deflagrada sob coordenação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada, do Departamento Geral de Polícia da Capital e da Coordenadoria de Recursos Especiais.

A Polícia Civil disse ter recebido denúncias de que traficantes estão aliciando crianças e adolescentes para integrar a facção que domina o território.

Para Bolsonaro, a mídia e a esquerda igualam traficantes que roubam, matam e destroem famílias com “cidadão comum, honesto, que respeita as leis e o próximo”. “Parabéns à Polícia Civil do Rio de Janeiro!“, completou.

Bolsonaro prestou homenagens ao policial civil André Leonardo, morto durante a operação. Disse que o ex-agente será lembrado pela coragem, assim como outros da forças de segurança que arriscam a própria vida para proteger a população.

  • Terra Brasil Noticias

Bolsonaro convoca o povo para ato do dia 15 Maio

Rui Costa do PT prorroga toque de recolher na Bahia até 17 de maio