in

Ameaça de morte feita por Ciro Gomes à Bolsonaro é encaminhado para a Justiça do DF

Integrante do movimento Direita Minas e apoiador de Bolsonaro, o vereador Nikolas Ferreira (PRTB), de Belo Horizonte, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) as prisões do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), sobre dar o “mesmo destino do Mussolini”, ao presidente da República.

O caso foi parar nas mãos do ministro Nunes Marques, que despachou a notícia-crime ao gabinete de Augusto Aras na Procuradora Geral da República (PGR). Aras decidiu que Ciro não tem foro no Supremo e que caberia ao Ministério Público na primeira instância avaliar a conveniência de investigá-lo.

Eis a ameaça de Ciro Gomes:

 “Se ele (Bolsonaro) tentar um golpe no futuro ou a qualquer momento, nós daremos a ele o destino que teve Mussolini”, disse Ciro Gomes, em um vídeo em que o ex-ministro e ex-governador do Ceará diz: referindo-se ao líder fascista italiano Benito Mussolini, executado e que teve o corpo exposto em praça pública.“Eu, Ciro Gomes, assumo, como palavra de honra, que estarei na luta de um, de dez ou de 1.000 para dar a ele o destino de Mussolini se ele tentar algum golpe no Brasil”, disse candidato à Presidência derrotado em 2018.

A MANIFESTAÇÃO DO BEM! Esquerda ignora pandemia e convoca novos protestos

Samsung supera Apple e lidera ranking de satisfação do cliente